05 de Fevereiro de 2023
Ouvidoria      |      Contato
Você está em >

Notícias

DIA 1º DE DEZEMBRO: DIA INTERNACIONAL DA LUTA CONTRA A AIDS

01/12/2022

     Dia 1º de dezembro o dia Internacional da Lutra contra a AIDS. A data foi criada com o intuito de reduzir o preconceito contra a doença, pois, apesar da maior parte da população ter conhecimento sobre a forma de transmissão, a desinformação ainda gera a discriminação contra os portadores da doença.

     É importante sempre falar sobre Aids, pois é uma forma de levar informações sobre como se transmite a doença. O HIV não é transmitido por um abraço, aperto de mão e nem no convívio diário. Isso deve ficar muito claro para reduzir o preconceito e a discriminação.

     A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) é transmitida pelo vírus HIV (vírus da imunodeficiência humana), principalmente por contato sexual desprotegido com pessoa infectada pelo Vírus Imunodeficiência Humana (HIV); pelo sangue por compartilhamento de objetos perfurocortantes, como agulhas e seringas ou por transmissão de mãe infectada para o filho na gravidez, parto ou na amamentação. Por isso, como medida fundamental de prevenção, é recomendado o uso de preservativo durante todas as relações sexuais, mesmo que se conheça a parceria sexual, e não fazer o compartilhamento de agulhas nem seringas. A doença ainda não tem cura, mas tem tratamento. É gratuito e está disponível nos Serviços de Atendimento Especializados (SAE) e no Centro de Testagem e Atendimento, (CTA), pelo Sistema Único de Saúde (SUS). É muito importante que as pessoas busquem as Unidades de Saúde para fazer o teste de HIV e, caso positivo, iniciem o tratamento e o acompanhamento. 

     As pessoas infectadas pelo Vírus da Imunodeficiência Humana podem permanecer por longo período sem sintomas, mesmo sem saber que estão infectadas. Por isto, é essencial fazer sempre o teste rápido para HIV, pois dá para saber o resultado em poucos minutos.

     Caso o paciente descubra que é soropositivo, isto é, infectado pelo vírus, e sem sintomas, o melhor é iniciar o tratamento antirretroviral rapidamente. Esse é bem simples e serve para que não haja o desenvolvimento da doença e, assim, o indivíduo não tenha Aids, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, que é a fase avançada do HIV.

     Se a pessoa é infectada e não se cuida, não usa os medicamentos antirretrovirais, o vírus vai continuar se multiplicando, destruindo o sistema imunológico e, em algum tempo, ela pode apresentar sintomas, que são desde diarreia, lesões na pele, várias infecções ou até doenças oportunistas, como tuberculose ou pneumonia. Pegar uma gripe pode ser muito grave. O diagnóstico precoce e tratamento precoce é fundamental para não ocorrer a progressão da doença.

     Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), em 2021, no Paraná, foram notificados 1.016 casos de Aids em adultos e 644 pessoas morreram em decorrência da doença. Por HIV foram registrados 2.266 casos novos em adultos e 313 em gestantes. Já neste ano, dados preliminares mostram que existem 635 novas notificação para Aids e 1.652 de HIV.

    No município de Chopinzinho, o número de soropositivos vêm crescendo. Até o momento são 30 pacientes portadores do vírus. Por isso é importante a busca de informações e a realização do teste rápido. A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza testes rápidos e o tratamento totalmente gratuito. Nestes últimos meses, os profissionais realizaram campanhas de vacinação e testes rápidos dentro das empreas, facilitando o dignóstico de diversas doenças e atualização vacinal que ajudam na prevenção da saúde. 

     



Endereço
Rua Miguel Procópio Kurpel
3811, Bairro São Miguel
Atendimento
(46) 3242-8600 - prefeitura@chopinzinho.pr.gov.br
Seg. a Sex. das 08:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00
Receba notificações do Município de Chopinzinho